quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Brasilidade sonora

Em meio a mesmice musical das grandes rádios, uma música chamou minha atenção, era uma voz feminina e a letra falava de um amor que não aconteceria.
Depois de alguns dias descobri que a música era “Boa Sorte” da Vanessa da Mata, uma cantora e compositora do Mato Grosso que anda tocando por todo lado do país e já compôs com Chico César até música para Maria Bethânia, que declarou que Vanessa é “o novo Guimarães Rosa do Brasil”.
Muito bem acompanhada ela veio fazendo parcerias com Milton Nascimento, Baden Pawell e em seu último CD intitulado “Sim” há participação do mestre da Bossa Nova João Donato.
O CD “Sim”, é o 3º trabalho da cantora e ficou em 10º lugar no ranking nacional de CDs mais vendidos desta semana, traz um pouco de reggae, de mpb e samba, é música para ouvir o dia todo, que faz bem para os ouvidos e para a alma.
Vanessa tem história, já tocou com a banda jamaicana Black Uhuru e com o grupo que mistura ritmos regionais, Mafuá.
A voz dela vem dividindo espaço com outras cantoras brasileiras que misturam vários ritmos e revelam novas sonoridades, entre elas está Céu, Maria Rita e Mariana Aydar.
Apesar de toda a bagagem musical de Vanessa, alguns críticos a vem como mais uma celebridade instantânea do mundo da música,porém, suas letras parecem se diferenciar dos padrões de sonoridades para só tocar no rádio, com refrães repetitivos, Ana Carolina é um exemplo que segue este caminho de estigmas midiáticos.
Vale a pena sempre ouvir os novos artistas brasileiros, há muito música de qualidade sendo produzida em todo o país, um site que pode ajudar quem está procurando por novas sonoridades é o
www.myspace.com , uma espécie de orkut dos músicos ,na maioria do cenário alternativo, em que há acesso à músicas on-line.

Um comentário:

Felipe Misali disse...

Concordo com vc....
=)
musica brasileira sempre !!!!